Brasil

Cida Borghetti reforça compromisso do Governo com o setor produtivo‏

Compartilhe

cida borghetti

A vice-governadora Cida Borghetti reforçou nesta sexta-feira (06), na abertura da 44ª Expoingá, em Maringá, o compromisso do Governo do Paraná com o setor produtivo e com o agronegócio. Ela disse que há mais de 40 anos a força do agronegócio no Paraná é apresentada ao mundo por intermédio desta feira. “O governo Beto Richa assegura o suporte e as condições para que o setor continue crescendo e movimentando a economia do Estado”, afirmou.

De acordo com a vice-governadora, o setor do agronegócio é essencial para ajudar o Estado do Paraná a superar a crise. ‘Tivemos uma safra recorde de 38 milhões de toneladas de grãos no ano passado. Isso equivale a quase 20% de toda a produção brasileira. Essa capacidade extraordinária de produzir e exportar alimentos é um dos fatores mais importantes para segurar nossos empregos e a nossa renda, mesmo em meio à crise brasileira. Isso reforça a importância do setor para nossa economia”.

BRDE – Cida Borghetti lembrou que a agência Paraná do BRDE está oferecendo linhas de financiamento no valor de R$ 100 milhões para atender empreendedores de Maringá e região durante o evento. São linhas que financiam a expansão, modernização, ampliação, implantação e inovação nas diversas cadeias produtivas do agronegócio e de todos os segmentos da indústria, comércio e serviços.

“Além disso, o Governo do Paraná está investindo R$ 500 milhões na melhoria da qualidade da energia elétrica para consumidores agrícolas e também nos repasses para as prefeituras executarem as obras nas estradas rurais e a compra de óleo diesel para equipamentos”, afirmou.

Cida Borghetti destacou ainda a parceria do Governo do Estado com a Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep) para a modernização da pecuária de corte.

EXPOINGÁ – Como uma das mais importantes feiras de agronegócio da América do Sul, a Expoingá 2016 tem como expectativa receber nos 11 dias de evento em torno de meio milhão de visitantes e movimentar R$ 330 milhões. A exposição acontece no Parque Internacional de Exposições Francisco Feio Ribeiro até o dia 15 de maio.

O Governo do Estado dá o suporte aos produtores com técnicos da Secretaria da Agricultura e Abastecimento, Emater e Iapar. Além dos estandes e espaços da Copel, Sanepar, BRDE e Fomento.

O prefeito de Maringá, Roberto Pupin, salientou que a feira é espaço para a consolidação de parcerias e novos negócios. “Na Expoingá ocorrem grandes parcerias e negócios que beneficiam a economia local e regional. Maringá é a terra da oportunidade e os setores de agricultura e agropecuária são o baluarte do nosso Brasil”.

Para a presidente da Sociedade Rural de Maringá, Maria Iraclézia de Araújo, apesar do atual cenário econômico o Paraná se diferencia com o desenvolvimento do agronegócio. “É um estado produtivo, que se destaca na qualidade dos produtos, principalmente em melhoramento genético de animais e grãos, onde estamos em primeiro lugar”, afirmou.

A presidente destacou ainda a importância da feira para o agronegócio e agradeceu a parceria da prefeitura e do Governo do Estado. “Se temos a Feira colocada como uma das melhores do Brasil é porque contamos com grandes apoiadores. Nossos expositores mostrarão o que há de melhor e vão demonstrar que a crise em nosso país vai passar. Certamente faremos esta edição mais forte”, disse.

Estiveram também presentes na cerimônia de abertura o secretário estadual do Planejamento, Silvio Barros; os deputados federais Ricardo Barros e Luiz Nishimori; e os estaduais Maria Victória e Tiago Amaral; além dos diretores do BRDE, Orlando Pessuti e Wilson Quinteiro, e autoridades locais.

Foto: Pedro de Oliveira

Write A Comment