Author

Redação

Browsing

O início das aulas presenciais em Foz do Iguaçu está previsto para acontecer no dia 5 de fevereiro. A informação foi confirmada à Rádio Cultura pela Secretária de Educação, Maria Justina. Além do início das aulas, a Secretária comentou sobre outros assuntos, como chamamento de professores, investimentos previstos em 2021 e empresa contratada para serviços terceirizados nas escolas. As informações são da Rádio Cultura Foz.

A Secretaria, que já ocupa a pasta desde 2019, está confirmada para a nova gestão. Sobre o início das aulas ela ressalta que apesar da previsão, o início ainda dependerá da Secretaria Estadual de Educação. “Nosso planejamento prevê início no dia 5, mas dependemos de diretrizes da Secretaria de Estado, se vem alguma orientação diferenciada, de como a pandemia estará, continuamos atrelados também a Secretaria de Saúde” salientou.

A Secretária também informou que as escolas serão reabertas no dia 3 de fevereiro para ajustes de matrículas.

Nos primeiros dias do verão a Sanepar produziu no Litoral 803 milhões de litros de água, uma média diária de 61,7 milhões de litros, no período de 22 de dezembro a 03 de janeiro. O volume é cerca de 70% maior do que a produção média diária fora da temporada. Em 31 de dezembro, a produção atingiu o pico, com 81,8 milhões de litros. As informações são da Agência de Notícias do Paraná.

Em comparação com o mesmo período (final de 2019 e início de 2020) houve uma queda de 15,84% na produção, devido ao menor fluxo de pessoas nas praias.

De acordo com a companhia, mesmo com a redução do número de turistas por causa da pandemia, a Sanepar continua operando bem acima da demanda fora do verão. Além dos investimentos nos sistemas de abastecimento, a empresa exige maior empenho e dedicação da equipe de empregados tanto na área operacional como no atendimento ao cliente.

Nos últimos anos, a Sanepar investiu mais em armazenamento e distribuição de água, aumentando a capacidade das redes de distribuição, melhorando reservatórios já existentes e implantando novos.

Para este verão, a companhia adotou um sistema de reservatórios modulares que irão atender em períodos de maior demanda, como no Carnaval e outros feriados ao longo do ano. Foram instalados dois que atendem prioritariamente as áreas distantes das estações de tratamento de água, no final das redes de distribuição, nos balneários de Ipanema, em Pontal do Paraná, e o bairro Mirim, em Guaratuba.

“São equipamentos móveis, do tipo container, que podem ser reabastecidos com caminhão-pipa e têm conjuntos moto-bombas que pressurizam melhor a rede”, explica o gerente regional do Litoral, Luiz Cláudio Pereira.

Os locais de instalação foram definidos conforme as demandas mais altas apresentadas nos últimos anos, durante as temporadas de verão de 2017 a 2019.  Cada reservatório tem capacidade para armazenar 70 mil litros de água.

Para os próximos verões, esse sistema de reservação pode ser ampliado. “O resultado tem sido bastante positivo, principalmente nas regiões mais afetadas com o aumento da população flutuante”, disse o gerente.

A Sanepar também deixa de prontidão 29 geradores de energia elétrica ao longo do Litoral que garantem o funcionamento dos sistemas em caso de queda no fornecimento da rede de energia elétrica.

A vacinação contra a Covid-19 no Paraná deve iniciar entre 20 e 31 de janeiro, segundo afirmação do secretário estadual da Saúde, Beto Preto. Esse prazo lhe foi garantido pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. As primeiras doses serão aplicadas nos cerca de 90 mil profissionais que trabalham na linha de frente do atendimento a pacientes com coronavírus. No total, segundo Preto, o estado tem 272 mil profissionais de saúde que atuam na linha de frente contra a doença e que devem receber as doses do imunizante. As informações são do blog Fabio Campana.

O secretário afirmou ainda que o trabalho de vacinação no Paraná já está todo definido, com a distribuição das doses, assim que chegarem ao Estado, nas 1.080 salas de vacinação distribuídas pelo Paraná equipadas com refrigeradores necessários para conservar e transportar as doses. O Paraná, diz ele, tem 8,9 milhões de seringas e agulhas para iniciar a vacinação.

O secretário também afirmou que vai, a princípio, aplicar as vacinas que estiverem no Plano Nacional de Imunizações (PNI) do governo federal. “O Ministério da Saúde vai nos trazer as vacinas. Pode ser da CoronaVac, pode ser da Pfizer, da Moderna, da Sputnik V. Nós estamos preparados para vacinar. Qual vai ser a marca? Não vamos verificar isso. Tem que ter o selo de qualidade da Anvisa”, disse Beto Pret0.

Sai ano, entra ano, é sempre a mesma história. Com a chegada da época de festas e o início do verão, se multiplicam os casos de abandono de animais de estimação. Num dos casos mais chocantes, registrado no São Braz, em Curitiba, no último domingo, um casal foi flagrado abandonando uma cadelinha indefesa. Logo após ser largada na rua, a bichinha, chamada Lola, foi filmada correndo desesperadamente atrás do veículo dos seus antigos “tutores” — que já foram identificados e irão responder por abandono e maus tratos de animais. Leia mais em Bem Paraná.

Dores de cabeça, de estômago e alteração no apetite e no sono são alguns sinais de alerta da depressão infantil. Os pais também devem ficar atentos a dificuldade de atenção, angústia, agressividade, isolamento e cansaço.

Segundo especialistas, o isolamento social enfrentado neste período de pandemia de covid-19 pode agravar a ansiedade e depressão nas crianças, já que a maioria das tarefas estão restritas ou até mesmo proibidas.

Leia mais em Agência Brasil.

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) informou, em nota, que quer contribuir com o início da vacinação contra covid-19 ainda neste mês. Para isso, é necessária a realização do pedido para uso emergencial da vacina, o que deve ser feito nesta semana.

As primeiras vacinas serão importadas da Índia, um dos locais de produção da AstraZeneca, laboratório que tem parceria com a Fiocruz no Brasil. Serão 2 milhões de doses. As demais serão produzidas pela própria fundação brasileira após a chegada do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), também prevista para janeiro.

Leia mais em Agência Brasil.

O BPMOA (Batalhão de Operações Aéreas), da PM (Polícia Militar), divulgou vídeos que mostram diversas aglomerações em diferentes cidades do litoral do Paraná na tarde deste sábado (2), durante o primeiro final de semana de 2021. Os registros foram feitos entre 16h30 e 17h, por agentes que estava no helicóptero. Eles passaram por diferentes praias de Guaratuba, Caiobá, Pontal do Paraná e Ipanema.

 

Leia mais em ParanáPortal.

O Ministério da Saúde negou, neste domingo 3, que anunciará a data de início da vacinação na segunda-feira 4. A informação foi divulgada pelo prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes.

“O Ministério da Saúde informa que não será divulgada oficialmente data de vacinação nesta segunda feira, embora esteja-se trabalhando incansavelmente para anunciar a data o mais brevemente possível”, diz a nota da pasta ao site Poder 360.

Leia mais em Carta Paraná.

Os seis números da Mega da Virada sorteados, às 20h25 , nesta sexta-feira (31) foram: 17-20-22-35-41-42 O prêmio é o maior da história das loterias da Caixa: R$ 325,2 milhões.

Como nos demais concursos especiais, o prêmio principal da Mega da Virada não acumula. Não havendo apostas premiadas com seis números, o prêmio será rateado entre os acertadores de cinco números – e assim sucessivamente.

Segundo a assessoria da Caixa, a 12ª edição da Virada pagará o maior prêmio da história das Loterias CAIXA. Segundo o órgão, o volume de apostas superou as expectativas.

Foram feitas mais de 260 milhões de apostas em todo o país, totalizando R$ 1,17 bilhão em arrecadação.

O sorteio da Mega da Virada foi realizado às 20h25, nos estúdios da TV Globo, em São Paulo, com transmissão ao vivo também pelo SBT, Record, Band e Rede TV.

Antes da Mega da Virada 2020, os maiores prêmios das Loterias CAIXA, também da Mega da Virada, foram registrados em 2017, no concurso nº 2.000, quando 17 apostas dividiram o prêmio de R$ 306,7 milhões, e no ano passado, em que uma aposta de Juscimeira (MT), uma de Criciúma (SC) e duas de São Paulo (SP) dividiram R$ 304,2 milhões do concurso 2.220.

Um perfil no Twitter foi criado para denunciar festas e aglomerações que vão contra as normas estabelecidas para o controle da disseminação do novo coronavírus (Sars-Cov-2). As publicações começaram nessa quarta-feira (30), e denunciam eventos em todo o Brasil.

Por trás do perfil BrazilCovidfest , estão dois jornalistas de Curitiba que, por enquanto, preferem não se identificar. De um dia para o outro, a página já alcançou quase sete mil seguidores, e os criadores contam que recebem muitos vídeos denunciando festas. “Não imaginava tanta repercussão. Foi uma surpresa”, conta um dos criadores.

Todas as publicações são de imagens enviadas por internautas ou encontradas nas redes sociais . Os jornalistas garantem, porém, que tudo é feito com muita responsabilidade, e que todas as denúncias são checadas.

Com foto de capa de um plano funerário, a página ironiza os eventos, brincando que as festas são “contagiantes” e “seguem os protocolos”. O assunto, porém, é bastante sério. “Estamos fazendo um serviço para a sociedade. Parte da sociedade morreu, o vírus da ignorância está vencendo. É um assunto muito sério, essa galera é um perigo para a saúde pública”, lamenta um dos criadores da página.

Durante as checagens dos vídeos recebidos, os jornalistas descobriram que muitas das festas que aparecem nos vídeos não são ilegais . “Na grande maioria das festas, é festa legal, não é clandestina. É inacreditável o Brasil, as autoridades, governos estaduais e municipais permitirem isso”, afirma.

Para enviar uma denúncia para a página, é só marcá-la no Twitter ou enviar o vídeo ou foto por mensagem direta.

Com informações do iG.